Significado de Xenofobia: O Que é, Conceito, Definição

Aqui no Semântica Hoje, nossa pauta é a xenofobia. Na verdade, o significado de xenofobia e os sentidos em que ela se apresenta.

Mostraremos os diversos contextos que podem modificar o sentido da palavra. Além de contar a sua própria origem etimológica.

Também falaremos de seu uso através da história e a sua relação com o racismo e como esses termos, geralmente, se misturam, infelizmente. Fique com a gente e tenha uma boa leitura.

Qual é o significado de xenofobia?

Podemos definir a xenofobia como o medo de pessoas ou de coisas vindas de fora do país. E esse medo. Geralmente, é expresso por raiva e agressões ao que é estrangeiro.

O termo é bastante antigo e vem do grego. Ele é a junção de xénos, que quer dizer estrangeiro e  phobos, que significa medo.

No entanto, apesar de ser um termo grego e bastante antigo, muito provavelmente, ele não era empregado na Grécia Antiga. Ao menos, não da forma que estamos acostumados.

Isso pois o conceito de estado é muito recente. Dessa forma, o significado de xenofobia se referia mais a quem era de fora da cidade. E não do país, visto que a Grécia era um conjunto de cidades-estados independentes.

Significado de xenofobia na prática

A xenofobia é, invariavelmente, classificada como uma forma de preconceito. Mas, também, pode ser classificada como uma doença. No caso, um transtorno psíquico.

O fato é que a xenofobia gera e é gerada pelo preconceito. Assim, ela retroalimenta atos de outros e da própria pessoa.

Apesar do simples ato de discriminar o que vem de fora ser algo reprovável, as ações causadas pela xenofobia são ainda mais preocupantes. Isso pois ela pode se manifestar na forma de ódio e de ações discriminatória contra estrangeiros.

Nesses casos, devemos perceber que existe uma forte aversão e intolerância contra pessoas que possuem sua origem fora do país. Especialmente, se as culturas de diferentes países são distintas.

Toda discriminação é xenofobia?

De forma alguma. Assim como a xenofobia pode se mostrar de formas diferentes, a discriminação contra o que é diferente pode assumir diversos aspectos.

Assim, nem todas as formas de discriminação contra minorias éticas pode se manifestar na forma de xenofobia. O mesmo vale para outras culturas e crenças religiosas.

Isso pode ser resultado de conflitos religiosos ou políticos. Ou, simplesmente, conflitos de ideologias ou culturas diferentes.

Xenofobia como doença

Se formos analisar a xenofobia pelo aspecto da doença, podemos classificá-la como um transtorno como origem no medo, como sue nome diz. No caso o medo do que é desconhecido.

Ter medo do que você não conhece é, a princípio, positivo. No entanto, ter aversão a algo ou alguém, por conta de sua origem, já se mostra, como um descontrole dos próprios medos. Assim, eles tendem a dominar a pessoa xenofóbica.

Assim, quem sofre de xenofobia, pode ter sua origem em si ou no meio. Ou seja, existe a possibilidade de que tenha passado por um enfrentamento do desconhecido, que não obteve resultados positivos.

Ou, então, conviveu em um ambiente xenofóbico. Assim, durante o seu desenvolvimento social, aprendeu que o que é estrangeiro é ruim.

Seja qual dor sua origem, quem sofre de xenofobia vivencia situações de angústia e de ansiedade. E isso leva a um distanciamento do convívio social, evitando-se estranhos. Em casos mais graves, pode levar à crises de pânico.

Significado de xenofobia como distorção da realidade

No entanto, um fato que deve ser trazido à luz é que, no caso da xenofobia, ela pode se manifestar quando você conhece um aspecto da pessoa. No caso, sua origem. Assim, ela pode ser calcada não no desconhecimento total, mas no conhecimento distorcido de uma cultura.

Ideias de que todo árabe é belicoso ou de que todo polonês não tem muita inteligência, além de falsas, são prejudiciais para as relações humanas. Mesmo concepções tidas como positivas são preconceituosas.

Assim, tomar como exemplo, que todo asiático é inteligente é reduzir uma pessoa e, por extensão, diversos povos, a uma só característica. Além de exercer uma pressão irreal sobre os indivíduos.

Em tempo, devemos dizer que a aparente calma notada em japoneses não é uma característica do indivíduo. Mas sim de seu idioma. Como o verbo fica no final das frases, interrupções são mais raras. Por isso, muitos pensam que essa paciência é uma opção.

Xenofobia no Brasil

Depois de entender o significado de xenofobia, podemos nos voltar para alguns casos onde ela é bastante presente. Aqui no Brasil, esse pode ser considerado um fenômeno, relativamente recente.

Costuma-se dizer que o Brasil é um país onde casos de xenofobia são raros. No entanto isso se deve à forte imigração europeia, a partir do século XIX.

No entanto, essa imigração adveio como substituta da mão de obra escravizada, após diversas leis a abolirem. Nesse caso a xenofobia se deu com quem imigrou, forçadamente, de diversas nações africanas, para o Brasil. E seus descendentes.

Em seguida, temos um evento, ainda no século XIX, chamado de lusofobia. Motivado por alguns políticos brasileiros, ela pregava o desligamento com portugueses, da economia e da política no Brasil.

Se formos prestar a atenção, até hoje, no Brasil temos preconceito com estrangeiros que falam português. Especialmente os que vêm de países da África, como Angola e Cabo Verde.

A xenofobia, no Brasil, geralmente, é associada com o racismo. Assim, tende a se manifestar, mais com indivíduos da Ásia, África ou América Latina. Tanto que muitos brasileiros, sequer, se reconhecem como latinos.

Xenofobia na Europa

Infelizmente, por conta de diversos movimentos nacionalistas, ao longo da história, a Europa é, bastante, xenófoba. Especialmente, em países que recebem muitos imigrantes, como Inglaterra e Suíça.

Um fato que devemos observar é que uma pessoa, na Europa, pode sofrer por xenofobia, mesmo tendo nascido lá. Isso pois, a noção de que você é natural de um país, por nascer nele, é, quase que exclusiva, das Américas.

No resto do mundo, você é considerado um cidadão, se seus pais nasceram no país. Dessa forma, a xenofobia se prolonga, no mínimo, por mais uma geração.

Xenofobia e racismo

Apesar de serem conceitos diferentes, o significado de xenofobia e o de racismo podem se confundir. E uma pessoa pode sofrer ou praticar ambos, ao mesmo tempo.

Isso pois, xenofobia se refere ao país de origem da pessoa. Enquanto racismo é o preconceito por sua etnia.

De qualquer maneira, ambos os tipos de preconceito são reprováveis. E, profundamente, prejudiciais para quem sofre e, até, para quem pratica.

Confira o significado de outras palavras!

Significado dos emojis
Qual é o significado de genocida?
O que significa comorbidade?

Responder

20 − treze =

38 + = 39