Significado

Significado

Qual é o significado de significado?

Hoje, nós falaremos sobre a semântica. Ou melhor. Sobre o significado da semântica. No entanto, talvez, seja interessante explicarmos qual é o significado da palavra significado.

Segundo a definição do dicionário, significado é o sentido de uma palavra, termo, frase; sentido; conceito. Assim como a importância representativa atribuída a um sinal ou símbolo.

Em outras palavras, o significado é algo que pode delimitar uma palavra, lhe dando sentido. No entanto, ao lhe atribuir valor, pode-se expandi-la. Assim como o significado da palavra significado foi expandido aqui.

Afinal, a palavra significado vem do latim significare que quer dizer mostrar através de indícios e sinais. E é essa a nossa intenção aqui. Sendo assim, mostraremos os sinais para reconhecer como nos relacionamos com as palavras. Tenha uma boa leitura.

Significado em semântica e pragmática

Como resultado, o significado, em semântica e em pragmática, é a mensagem convertida em palavras, frases e símbolos. Isso em um contexto. Também podemos chamá-lo de sentido semântico ou léxico.

Pode parecer simples a um primeiro momento. No entanto, esse ramo da linguagem resvala, em muitos pontos, com a própria filosofia.

O Que é o significado?

Dessa forma, é dito que o sentido das palavras é algo que muda com o uso e com o tempo. Logo, não está escrito em pedra. Apesar de que, algumas vezes, as palavras estão.

Um exemplo é o rival. Derivada do latim, ela foi usada para designar duas pessoas que moram do mesmo lado de um rio. Disso, para duas pessoas que partilham e competem por um recurso, o caminho é curto. Seja esse recurso um rio, uma vaga de emprego ou um assento no ônibus.

Significado nas orações

Podemos dizer que as coisas só encontram significado em uma oração. Embora exista o significado de uma palavra ou de uma frase, elas derivam do significado de uma sentença.

Sendo assim, quando procuramos o significado de uma palavra no dicionário, encontramos apenas suporte. Um suporte para entender o significado de uma sentença ou oração.

Significados diferentes

Ou seja, os significados estão em nossa mente ou nas palavras? no entanto, não existe um consenso sobre isso. Isso pois a divisão entre sentido e referência difere de palavra para palavra.

Aliás, a clássica pergunta “Uma rosa, com outro nome, teria o mesmo perfume?” deriva disso. As discussões sofreram sentido e as referências levaram, até mesmo, a disputas religiosas sobre o metafísico.

Por fim, isso resultou em disputas entre diferentes grupos de poder, em diversos países, incluindo a Itália. E foi em um conflito sobre os significados que se baseou uma das maiores obras do Ocidente. Romeu e Julieta colocam discussões filosóficas na antiga lenda de Píramo e Tisbe, da qual Shakespeare já se declarava admirador.

Palavras como isso, aquilo, aqui ou , não possuem um significado se não estão associadas a outra coisa. Por outro lado, membro, cadeira ou cachorro já nos colocam uma imagem bastante clara na mente.

Assim, existem palavras que são atribuídas, somente, pela vontade de nomear algo. E outras que necessitam de um contexto para serem entendidas.

Tipos de significados

Existem dois tipos de significados para entendermos o que a outra pessoa está dizendo. Estamos falando do significado semântico e do pragmático.

No primeiro tipo, temos as orações onde o sentido é mais ou menos proporcional, com o sentido contido nas palavras. Enquanto o sentido pragmático vem de um contexto puramente particular da frase.

Exemplos de significados de algumas palavras

Emojis → Vem do japonês imagem de letra, em tradução livre. São representações de figuras ou sentimentos, em imagens.

Empatia → A capacidade de sentir algo externo a si. Pode ocorrer com uma pessoa, um sentimento ou uma situação.

Resiliência → Pode significar, dependendo do contexto, a capacidade de um corpo voltar a seu estado inicial, depois de estresse físico. Ou, então, a capacidade de se adaptar às mudanças.

Perfeição → O mais alto grau de refinamento de algo ou de alguma ação. Sem nenhum tipo de refinamento necessário. Ela só existe em comparação ou adjetivação a algo.

Genocida → Aquele que apresenta intenção de eliminar toda uma população.

Comorbidade → Um conceito que só existe associado a outro. Assim, é uma condição que agrava outra, seja a priori ou a posteriori.

Xenofobia → Ódio ou medo daquilo que vem de fora. Seja esse fora relativo ao país, cidade ou outro limite geográfico, definido ou não;

Gambito → Pode ser um movimento de abertura do xadrez, onde um peão é sacrificado, para se obter uma vantagem. Mas, também, pode indicar qualquer ardil para se tirar uma vantagem.

Soberba → Acúmulo desmedido de riquezas. O valor não é certo, mas é convencionado que é mais do que a pessoa possa gastar e, geralmente, está associado com sacrifícios desnecessários, sendo o acúmulo, um fim em si.

Altruísmo → O oposto de egoísmo. Ou seja, pensar e agir, de acordo com os interesses do outro. Sendo, então, definido por algo que está fora de si.

Definição de semântica

Definimos a semântica pelo que ela é em comparação com orações e com os outros tipos de significados. Mas, tecnicamente, ela é o estudo do significado, em todos os níveis de um diálogo ou discurso.

Ela estuda desde o sons até como a frase, em si, impacta na compreensão do que está sendo falado. É a semântica que abre caminho para a definição de diversos outros conceitos em linguagem.

Para que se entenda o sentido semântico da palavra (ou da oração), é necessário que se estudem outros aspectos. Isso inclui, como já dissemos, o conteúdo e contexto. Ou a conhecida dupla de significado e significante.

São estudadas as formas das palavras. Além disso, a grafia e o som dos vocábulos entram, também, no seu entendimento.

Assim, uma mesma palavra poder ter diferentes significados, a depender do contexto. No entanto, o contrário, também, ocorre, com palavras diferentes significando a mesma coisa.

Além disso, devemos nos lembrar de que o português é uma língua pluricêntrica. Com seus dois principais núcleos sendo o Brasil e Portugal. Logo, as palavras podem modificar de sentido, completamente, de um lugar a outro.

E, existem palavras que só existem em um centro. Um exemplo é o tipo de problema que não representa um desafio a ser superado. Mas, sim, algo a ser evitado. Encrenca, só existe no Brasil, por ter sido trazido com imigrantes alemãs e deriva de Ich kranke (eu estou doente).

Sinônimos e antônimos

Essas são estruturas comuns à maioria dos idiomas. E a maior parte das pessoas conhece exemplos delas.

É interessante dizer que as palavras sinônimas possuem um significado semelhante. No entanto, não, necessariamente, igual. Assim, a substituição de uma para a outra depende do contexto. Alguns exemplos de palavras sinônimas:

Belo → Bonito;

Diferente → Diverso;

Engraçado → Divertido;

Novo → Jovem.

Por outro lado, antônimos estabelecem oposição entre as palavras. Ou, ao menos, contradição, dentro de um contexto.

Feio → Bonito;

Igual → Diferente;

Engraçado → Chato;

Novo → Velho.

Existem, no caso, palavras que possuem significados diferentes, a depender do contexto. Assim, é necessário que ele seja analisado também.

Outros conceitos

O estudo da semântica também traz diversos outros termos. Como, por exemplo:

Paronímia: palavras com significados diferentes, porém escritas ou falas parecidas, como cumprimento e comprimento, por exemplo.

Homonímia: escritas e falas iguais. Porém, significados distintos. Como são (de ser) e são (de saudável).

Homofonia: palavras com sons e significados diferentes. Porém, com a mesma grafia. Como viagem (substantivo) e viajem (verbo);

Homografia: palavras com escrita igual, porém, pronúncia e significado diferente. Como gosto, que pode ser pronunciado com ó (verbo) ou ô (substantivo).

Hiponímia: palavras que abrangem poucos ou um item, apenas, em um contexto. Como biologia.

Hiperonímia: palavras que abrangem mais de um item em um contexto. Como ciências.

Polissemia: uma palavra que muda de significado, a depender do contexto. Como, por exemplo, legal.

Ambiguidade: quando uma oração é capaz de ter mais de um significado. Como você foi ao shopping com seu namorado e seu irmão. O irmão pode ser do sujeito ou do objeto da frase.

Conotação: quando uma palavra é usada em seu sentido figurado. A festa está pegando fogo. Dá a conotação de uma festa agitada

Denotação: quando uma palavra é usada em seu sentido literal. A frase acima, nesse exemplo, indicaria um incêndio.

Semântica é, como você viu, um assunto bastante completo. No entanto, como o nosso contato com a língua é diário, apesar de demandar uma vida inteira de estudos, eles não se mostram difíceis.